13 de jul de 2009

Para uma nova teledramaturgia.

O Amor Segundo B. Schianberg



"Como num reality show, Beto Brant espalha câmeras num apartamento e acompanha o início de uma relação".


A proposta do programa é apresentar um novo formato de teledramaturgia. Com câmeras espalhadas pelo set, os atores são capturados em diversos ângulos, que falam de emoções, expressões, que se bem repararmos, parece-se tão bem com nossas próprias reações, tão humanas, distanciando-se do modo de ser dos artistas das telenovelas convencionais.

"A produção retoma um personagem do romance “Eu receberia as piores notícias dos seus lindos lábios”, de Marçal Aquino. Personagem secundário naquela narrativa, Benjamim Schianberg é um psicanalista e professor universitário cujo principal interesse é refletir sobre o comportamento amoroso a partir de observações reais.Em quatro episódios, “O amor segundo B. Schianberg” vai acompanhar a construção de um relacionamento amoroso entre um ator e uma artista plástica, exclusivamente a partir da observação do interior do apartamento onde acontecem os encontros do casal. A realização da teledramaturgia proposta envolve a instalação de câmeras em um apartamento, como num reality show. O diferencial é que os atores não estarão confinados. Terão vida normal e vão incorporar os elementos de seu dia-a-dia às tramas propostas no roteiro. Essa contaminação dará contornos de documentário a uma peça ficcional."

O Amor, segundo B. Schianberg, é apresentado aos domingos, às 21 horas, horário local (PVH). Também passa na quarta feira, às 22 horas na TV Cultura, canal 25.






Um comentário: