22 de jun de 2009

"Tango"




Mário Suárez, um diretor talentoso, foi abandonado por sua esposa, Laura. Para superar sua dor, mergulha numa produção de um filme sobre o Tango. Certa noite, durante a seleção do elenco, Mario conhece Elena Flores, uma jovem lindíssima e excelente dançarina, amante do principal investidor do filme, Angelo Larroca.



Imagens de sua própria vida e memórias, tanto pessoais quanto coletivas, se encontram no filme de Mario, que se sustenta através de números de dança intensos: amor correspondido e não-correspondido, uma lúgubre e emocionante encenação da repressão militar e grande onda de imigrantes europeus na virada do século.


Dirigido por Carlos Saura, realizador de obras como “Cria Cuervos” e “Mamãe Faz Cem Anos”, “Tango” é considerado um dos mais brilhantes filmes do diretor espanhol.
Indicado ao Oscar de melhor filme estrangeiro em 99. Indicado ao globo de ouro de melhor filme estrangeiro em 1999. Grande prêmio técnico Cannes 98 Vittorio Storaro, mestre da iluminação.

Um comentário:

Priscila Costa disse...

1,2,3, TESTANDO! :)